terça-feira, 28 de março de 2017

Dia 31 de Março – Dia Nacional de Mobilização rumo à Greve Geral
As centrais sindicais e os movimentos sociais convocam os trabalhadores para ir às ruas, na próxima sexta-feira, 31 de Março

SINDAGUARN.COM.BR
Secretaria de Comunicação do Sindágua/RN

As centrais sindicais e os movimentos sociais convocam os trabalhadores para ir às ruas, na próxima sexta-feira, 31 de Março, promover e participar de mobilizações em todo o país em defesa das conquistas históricas dos trabalhadores que estão sendo atacadas pelo presidente ilegítimo Michel Temer e seus comparsas.

Reunidos na tarde desta segunda-feira (27), na sede nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), em São Paulo, os presidentes das centrais sindicais, dirigentes sindicais analisaram a grave situação política, social e econômica que o país atravessa e decidiram que:

Dia 28 de abril Vamos parar o Brasil

As centrais sindicais conclamam seus sindicatos filiados para, no dia 28, convocar os trabalhadores a paralisarem suas atividades, como alerta ao governo de que a sociedade e a classe trabalhadora não aceitarão as propostas de reformas da Previdência, Trabalhista e o projeto de Terceirização aprovado pela Câmara, que o governo Temer quer impor ao País.

Sabemos que a nossa vitória depende da capacidade de efetivarmos uma Greve Geral que pare a produção e a circulação no país, e imponha uma derrota política aos golpistas.

Contudo, para que a Greve Geral seja bem sucedida a sua construção começa desde já. As mobilizações do dia 31 de Março deverão acumular para a construção da paralisação do Brasil, no dia 28 de Abril, sendo mais um momento de diálogo com a sociedade, denúncia das medidas antipopulares e convocação da Greve Geral.

O povo brasileiro demonstrou nos dias 08 e 15 de março que haverá muita luta e mobilização contra as medidas do Governo Golpista.

Em Natal/RN a mobilização se inicia com a concentração às 16h no Shopping Midway e, em seguida, caminhada em direção a Zona Sul da Cidade.

Em nossa opinião, trata-se do desmonte da Previdência Pública e da retirada dos direitos trabalhistas garantidos pela CLT. Por isso, conclamamos todos, neste dia, a demonstrarem o seu descontentamento, ajudando a paralisar o Brasil.

Continuaremos nas ruas até a Vitória
Rumo à Greve Geral
Fora Temer e Diretas, Já!

   
Mais informações?
Entre em contato com o SINDAGUARN.COM.BR, mande seu recado, envie sua crítica ou sugestão. Enviar.