sexta-feira, 25 de agosto de 2017

ACT 2017/2018: Caernianos garantem mais direitos e conquistas em audiência de mediação do TRT

SINDAGUARN.COM.BR
Secretaria de Comunicação do Sindágua/RN

Os caernianos conquistaram mais direitos e conquistas em audiência de mediação realizada na manhã de hoje, dia 25/08, no Tribunal Regional do Trabalho da 21 Região. Este foi o resultado da luta da direção do Sindágua/RN que apresentou e defendeu as ressalvas dos trabalhadores encaminhadas nas assembleias simultâneas que aprovaram por ampla maioria da proposta da CAERN para o Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018.

Das ressalvas encaminhadas pela categoria nas assembleias apenas uma não foi atendida: a cláusula de barreira no Prêmio Aposentadoria. Ainda assim não está descartada uma possível negociação futura deste item. O sucesso destas conquistas se deve aos argumentos apresentados pela direção do Sindágua/RN na audiência de mediação que foram fundamentados legalmente com dados e fatos.

“A decisão dos trabalhadores de apresentar ressalvas na aprovação do Acordo Coletivo se mostrou acertada. Defendemos o respeito e os interesses da categoria com transparência, determinação e responsabilidade. Esta gestão sindical mostrou mais uma vez ser digna da confiança e credibilidade na conquista dos benefícios e direitos para a categoria”, afirmou o vice-presidente do Sindágua/RN, Hélio Fábio, ressaltando “o empenho da Comissão dos Trabalhadores no processo de negociação, em especial para a nova assessoria jurídica que esteve presente em todas as reuniões”.

“Evitamos que o Plano de Carreira fosse implantado sem o conhecimento e consentimento da categoria. Várias distorções foram encontradas pelos trabalhadores e portanto precisam de correção. Agora vamos fazer como se deve, ou seja, discutir com transparência para encontrar as soluções necessárias e, principalmente, divulgar para a categoria o processo de discussão”, afirmou o presidente do Sindágua/RN, Ricardo André.

Outra grande vitória envolve a ampliação da representação da categoria. “Os trabalhadores ampliaram o espaço de interlocução com a CAERN. Esta condição conquistada é de vital importância na participação dos caernianos nas decisões encaminhadas pela Empresa”, disse o Representante dos Trabalhadores no Conselho de Administração da CAERN, Vicente de Paula.

Ainda ficou estabelecida a representação dos trabalhadores na Comissão de Conciliação Prévia a implantação do prazo de 90 dias para a formação das comissões.

As partes se comprometem a trazer na próxima audiência marcada para segunda-feira, dia 04/09, às 11h, a redação do Acordo Coletivo que será homologada pelo Tribunal de justiça.

Ressalvas aprovadas na audiência de mediação de 25/08 no TRT

Plano de Cargos e Salários - Será implantado, condicionado à aprovação no Conselho de
Administração, todavia as partes se comprometem a implementar uma nova negociação com o objetivo de alterar o Plano, ficando o Sindágua/RN com o prazo de 90 (noventa) dias para apresentar suas propostas, no particular quanto à curva de maturidade, promoção e incentivo à qualificação.

Comissões - Institui-se o prazo de 90 (noventa) dias para formar as comissões de discussão dos seguintes temas: I) previdência complementar; II) incentivo à fiscalização e produtividade; III) turnos ininterruptos de revezamento; IV) adesão da CAERN ao Programa Empresa Cidadã.

Conselho de Administração da CAERN - A CAERN permitirá a presença de um representante do Sindicato Profissional na Comissão Central prevista na Lei das Estatais, na condição de assistente.

Comissão de Conciliação Prévia - O Sindágua/RN se compromete a indicar, mediante escolha em Assembleia, em 60 (sessenta) dias, seu representante na Comissão de Conciliação Prévia.

Ressalva reprovada

Prêmio de Aposentadoria – possibilidade da retirada da cláusula de barreira mediante uma negociação posterior.

   
Mais informações?
Entre em contato com o SINDAGUARN.COM.BR, mande seu recado, envie sua crítica ou sugestão. Enviar.